1. A obra retrata a realidade presente do autor?
  • Não.
2. A obra retrata a realidade anterior do autor?
  • Sim, na sua infância.
3. É uma obra histórica ou fantasiada?
  • É uma obra histórica.
4. A que movimento literário pertence a obra?
  • Ao Realismo.
5. Em que medida a obra retrata as características do movimento literário a que pertence?
  • Conforme ele situa suas passagens junto de Capitu, sua amada.
6. Há fugas dos padrões próprios da escola? Como e em quê?
  • Não. Sendo que sua obra é do Realismo Brasileiro
7. Qual a mensagem que você descobriu na obra?
  • De sempre desconfiar das pessoas, por mais que sejam as mais importantes.
8. Em que sentido a mensagem da obra contribuiu para o enriquecimento cultural de sua personalidade?
  • Como viviam no século passado, os costumes, as roupas que vestiam.
9. Provocou-lhe reflexão ou foi um simples “passa tempo”?
  • Muita reflexão, ainda mais quando o autor não nos conta se Capitu o traiu ou não.
10. Você acha que valeu a pena ler a obra? Por quê?
  • Sim. De todo, a obra foi muito boa, pois enriqueci meus conhecimentos culturais.
11. Qual a importância da obra dentro do movimento literário a que pertence?
  • De saber as faces do Romantismo.
12. Qual o tema específico de que trata?
  • A traição.
13. Tem valor ainda para o nosso tempo?
  • Sim, total valor. Cai em todo vestibular do país por se tratar de assuntos culturais.

»

  1. Tem uma coisa errada em “6. Há fugas dos padrões próprios da escola? Como e em quê?
    Não. Sendo que sua obra é do Realismo Brasileiro” pois sim, mesmo o livro sendo considerado da escola literária do REALISMO, é visto como uma transição do ROMANTISMO para o REALISMO, tendo portanto, momentos mais romanticos que realistas, como sua visão de Capitu ainda moça.

    • De onde vc tirou isso, Vivi??? Dom Casmurro é uma obra TOTALMENTE realista. Não há, nem mesmo quando Capitu é criança, nenhum tipo de descrição romântica. Pelo contrário; em sua tentativa de persuadir o leitor a todo custo de que sua mulher o traiu, há a descrição de uma Capitu esperta, faceira, “mais mulher do que ele era homem”. Segundo o próprio narrador, “a fruta dentro da casca”, o que significa que desde criança ela era dissimulada… Onde está o Romantismo??? Tome mais cuidado antes de compartilhar informações equivocadas e, principalmente, LEIA o livro!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s